quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

A vida eremítica

É preciso compreender bem a vida eremítica no que ela tem de essencial: clausura. silêncio, solidão, contemplação e adoração. Nos eremitérios se vive unicamente em função de Deus e de sua glória. O Ofício Divino define todo o dia do eremita. A Santa Missa é seu ponto central. Aqui se vive para adorar a Deus e cantar os seus louvores, bendizer seu Santo Nome e render-lhe infinitas graças. Mas também se suplica muito... Pela Igreja, pelo Papado, pelos Bispos e Padres que professam a Fé Católica e Ortodoxa contra os erros do Vaticano II! Reza-se também pelos fiéis. Pelas vocações sacerdotais e religiosas. E principalmente pela conversão dos pecadores, pela preservação da inocência e pureza dos costumes. Se você considera isto importe se una a nós em oração e nos ajude naquilo que lhe seja possível ajudar. Deus abençoe a todos.
os.

Nenhum comentário:

Postar um comentário