quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O Mistério do Natal



O Mistério do Natal: Cristo deitado numa manjedoura. Para nós, que vivemos a vida da graça, que vivemos aos pés de Jesus, na solidão do deserto, no silencio de nossos eremitérios, uma lição de pobreza e de desprezo das coisas deste mundo. Diz-nos os Santos Evangelhos que não havia lugar para eles nas hospedarias de Belém... Então, o Rei do Universo, por amor aos homens, não hesita em nascer numa estrebaria cercado de animais. No entanto, nós, que amamos o Esposo, temos muito mais conforto em nossas pobres celas do que teve Jesus quando veio a este mundo. Natal com Jesus é viver de modo intenso a austeridade e a pobreza que um dia professamos diante de Deus e da Igreja. Senhor Jesus, eu te adoro, deitado sobre palhas, e te bendigo, porque tu és o Rei do Universo. Que eu saiba viver da tua pobreza e jamais me queixar das austeridades que um dia abracei como estado de vida. Que eu saiba me unir a ti na gruta de Belém e viver da tua vida, doce e Divino Infante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário