terça-feira, 10 de maio de 2016

Abandono perfeito a vontade de Deus

Que a santidade traga alguns segredos é sabido por muitos. Entre estes, esta a conformidade com a vontade de Deus, o abandono perfeito. Conforme ensina o R. P. Caussade, da Companhia de Jesus, a fidelidade a vontade de Deus era toda a espiritualidade dos antigos, que atingiram altos cumes de santidade numa vida de singela simplicidade. 

Assim deve ser a vida do eremita: exercício constante de fidelidade a vontade de Deus, que o atraiu ao deserto para estar sempre a sós com ele, vivendo a vida no silêncio, no recolhimento, na mais intima união com a Trindade. 

Pois a vontade de Deus para o eremita é que viva de sua Providência, abandonado inteiramente em suas mãos, que se ocupe do louvor de Sua glória, que lhe tribute todo tempo a honra devida, que o adore, ame, sirva e sempre espere dele todos os bens. 

E que saiba o dom precioso que lhe foi concedido por Deus e jamais troque a intimidade com Ele pelo entretenimento com suas criaturas... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário