quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Unio cum Deo



A vida de união com Deus pressupõe o desapego de toda criatura. 

Não se pode unir a Deus em oração e pela virtude da caridade se o coração esta apegado as coisas deste mundo.

Esta vida, que passa pela oração mais profunda, nos leva à mortificação dos sentidos, as austeridades que castigam a carne e elevam o espírito. Ela passa pelo desterro, pelo jejum, pela penitência, por uma vida regrada. 

A união com Deus nos faz buscar a solidão, o silêncio, um perfeito recolhimento e principalmente um completo desprezo pelo mundo com todas as suas vaidades. 

Quem quer unir-se a Deus em oração guarda sua alma, mantem sua vida na cela e permanece continuamente na presença de Deus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário